Anápolis AVALIAÇÃO

Anápolis se destaca em ranking de cidades com a melhor qualidade de vida do Brasil

Goiás também alcançou resultados positivos, sendo o 5° melhor estado do país

04/07/2024 19h00
Por: Aglys Nadielle
Foto: Samuel Sousa
Foto: Samuel Sousa

Anápolis é a segunda cidade entre as cinco mais populosas de Goiás com melhor avaliação no ranking de qualidade de vida da população, perdendo apenas para a capital, Goiânia. O resultado foi revelado pelo Índice de Progresso Social (IPS) 2024, que também colocou o estado goiano como o 5° do país neste quesito. A pesquisa se trata de uma metodologia internacional que calcula o bem-estar baseado nos dados oficiais dos estados e municípios.

Na pontuação de 0 a 100, a cidade registrou 63,73, o que a colocou na posição 692 de 5570 municípios avaliados. A pesquisa avalia parâmetros como educação superior, saúde, inclusão social, água e saneamento, moradia, meio ambiente, segurança pessoal, dentre outros pontos que, juntos, demonstram o bem-estar dos moradores. 

Entre os destaques positivos de Anápolis, o acesso à educação superior é um dos principais. O índice classifica cada aspecto em relativamente forte, relativamente neutro e relativamente fraco e, neste caso, a cidade está na mais alta classe, com ênfase no número de empregados com ensino superior e mulheres empregadas com ensino superior.

O município também foi bem avaliado, principalmente, nos quesitos de: áreas verdes urbanas, acesso a programas de direitos humanos, e ainda no acesso à cultura, lazer e esporte.

A pontuação dos demais municípios mais populosos de Goiás foi de 70,49/100, em Goiânia, que ficou na posição 4/5570 do ranking, Aparecida de Goiânia (61,68/100), na posição 1346/5570, Rio Verde (63,57/100), na posição 723/5570 e Águas Lindas de Goiás (60,36/100), na posição 1844/5570.

Goiás é 5° estado com melhor qualidade de vida

O estado também aparece com destaque positivo no ranking, sendo o quinto melhor do Brasil em qualidade de vida. Frente a Goiás estão São Paulo (1º), Santa Catarina (2º), Paraná (3º) e Minas Gerais (4º). 

A nota de Goiás foi de 62,79. O resultado é uma média de todos os municípios do estado. O IPS é dividido em três dimensões principais: Necessidades Humanas Básicas; Fundamentos para o Bem-Estar; e Oportunidades. O estudo filtrou mais de 300 indicadores até chegar a 52, entre órgãos oficiais e de institutos de pesquisas, como o DataSUS, Conselho Nacional de Justiça, Mapbiomas, Anatel e CadÚnico.

O coordenador do IPS Brasil, Beto Veríssimo, diz que o objetivo do estudo não é ranquear os maiores PIBs, mas sim qualificar os resultados, como maiores expectativas de vida, menores taxas de homicídios e de poluição, além da população com melhor acesso à educação superior.

Com nota 70,49; Goiânia é a segunda capital com melhor qualidade de vida entre todas as 27 e a 4ª colocada no ranking que avaliou todas as cidades do país. A capital goiana foi classificada pelo estudo como bem organizada e bem planejada, ficando atrás de Gavião Peixoto (SP), Brasília (DF) e São Carlos (SP).

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.