Política ARTICULAÇÃO

Podemos diz que tendência é apoio a Eerizania Freitas

Confirmação foi dada pela presidente do partido em Anápolis, durante encontro que reuniu diferentes líderes

05/06/2024 09h29 Atualizada há 1 semana
Por: Marcos Vieira
Raquel Antonelli afirma que chapa de vereadores está pré-montada, mas que será finalizada só nas convenções. Foto: Reprodução
Raquel Antonelli afirma que chapa de vereadores está pré-montada, mas que será finalizada só nas convenções. Foto: Reprodução

Em encontro do Podemos em Anápolis, a presidente municipal do partido, Raquel Antonelli, disse que a tendência é seguir a base da administração do prefeito Roberto Naves (Republicanos), dando apoio à pré-candidata a prefeita Eerizania Freitas (União Brasil). 

“Conversas já estão sendo feitas nesse sentido e hoje temos a tendência de caminhar com a base”, reforçou Raquel em entrevista aos veículos de comunicação. Questionada de uma possível conversa com o PSDB, cujo pré-candidato é Hélio Lopes, ela afirmou que não há nada nesse sentido em Anápolis. 

O presidente do Podemos em Goiás, Eurípedes José do Carmo, foi questionado sobre as possibilidades de aliança do partido na eleição anapolina. “Caminhamos onde o pastor Bertiê mandar. Ele que vai determinar”, disse o dirigente.

Bertiê Magalhães é o pastor presidente em Anápolis da Assembleia de Deus Ministério Madureira. O líder religioso é pai de Raquel Antonelli, que está conduzindo o Podemos em âmbito municipal. Ou seja, a decisão dela será dada com a anuência de Bertiê. 

Outra liderança regional do Podemos, o deputado federal Glaustin da Fokus, também repetiu as palavras de Eurípedes do Carmo, destacando que seguirá aquilo definido por Bertiê e seu entorno. “Onde o pastor Bertiê comandar nós somos servos”, disse o parlamentar.

O que já está claro é que o Podemos não terá candidato a prefeito. Com isso, os esforços em Anápolis se concentram em dar respaldo à aliada Eerizania e, principalmente, eleger o maior número de vereadores. “A tendência é construir um grande projeto de vereadores, conduzido pela nossa presidente”, comentou Glaustin.

A presidente Raquel Antonelli confirmou a concentração de esforços na chapa proporcional e revelou que o grupo está forte, com potencial para alcançar êxito. Segundo ela, há, inclusive, um excedente de pré-candidatos, que permitirá escolhas quando for realizada a convenção partidária. Cada sigla pode lançar até 24 nomes para a disputa à Câmara de Anápolis. 

“A chapa está pré-montada, pois acredito que ela fica finalizada só nas convenções. Agora é observar de perto, caminhar junto com os pré-candidatos, vendo o potencial de cada um para que possamos fazer a melhor chapa, a com maior potencial”, explicou Raquel.

O deputado Glaustin da Fokus comentou que o Podemos deve lançar chapas de candidatos a vereador em pelo menos 85 municípios goianos. Outras 37 cidades também terão candidatura a prefeito ou vice da sigla. “A ideia é construir uma base para que a gente tenha representatividade em grande parte de Goiás”, comentou.

 

FORTALECIMENTO

O presidente regional Eurípedes do Carmo disse que o Podemos se fortaleceu com a conquista de importantes quadros na época das filiações. Ele citou o ex-deputado federal João Campos, que pode ocupar um cargo de primeiro escalão no Governo de Goiás ou mesmo estar diretamente envolvido no processo eleitoral de Aparecida de Goiânia. Eurípedes calcula entre 15 a 20 prefeitos eleitos pelo Podemos. “Estamos trabalhando e fazendo o dever de casa”, completou.

Para o ex-deputado federal João Campos, o pleito atual é relevante também para 2026. “E o partido tem pretensões maiores para a eleição geral”, revelou. Campos disse que pessoalmente pode voltar a disputar uma vaga na Câmara Federal ou mesmo ajudar a compor uma chapa majoritária na disputa que acontece daqui a dois anos. 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.