Cultura CULTURA

Anápolis recebe oficina de danças circulares brasileiras

Projeto ‘Corpo que Dança’ lança sua terceira edição em Anápolis e aulas são gratuitas

29/05/2024 16h00
Por: Redação
Oficina, agendada para a Casa Amarela, explora as conexões com as raízes culturais indígenas, africanas e europeias. Foto: Divulgação
Oficina, agendada para a Casa Amarela, explora as conexões com as raízes culturais indígenas, africanas e europeias. Foto: Divulgação

Financiado pela Lei Paulo Gustavo e administrado pelo Governo Federal e pela Prefeitura de Anápolis, por meio da Secretaria da Integração, o projeto "Corpo que Dança" lança sua terceira edição. Esta edição foca em uma oficina especializada em Danças Circulares Brasileiras, que explora as conexões com as raízes culturais indígenas, africanas e europeias.

A oficina será realizada na Casa Amarela, situada na Rua Silva Pinto, 288, bairro Jundiaí, Anápolis. Coordenada por Lara Reis, Everson Basili e Cláudia Prado de Goiânia, a oficina oferece uma experiência de aprendizado prático e imersivo.

Destinada principalmente a educadores, arte-educadores, profissionais de saúde e todos interessados em aprofundar conhecimentos sobre as raízes culturais brasileiras através da dança, a oficina é gratuita. As inscrições podem ser realizadas pelo site www.corpoincantare.com.br até 2 de junho, com o anúncio dos selecionados previsto para 4 de junho.

Os encontros da oficina estão agendados para os dias 8, 15, 22 e 29 de junho de 2024, das 15h30 às 19h. Um baile de encerramento, marcando o final das atividades, será realizado no dia 6 de julho, das 17h às 22h30, celebrando a integração e a dança entre os participantes.

Aqueles que concluírem a oficina serão convidados a integrar a Rede Anapolina de Dança Circular (RADC), dando continuidade à prática e disseminação das danças circulares na comunidade. Além da prática de coreografias, a oficina também inclui material didático exclusivo e apresentações teóricas sobre as Danças Circulares.

O projeto é uma iniciativa do Ateliê da Presença e Corpo Incantare, com o objetivo de ensinar as danças e, também, disseminar conhecimento sobre estas, promovendo valores de Cultura de Paz.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por DM Anápolis (@dmanapolis)

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.