Meio Ambiente MEIO AMBIENTE

Goiás vai ganhar mais um comitê de bacia hidrográfica

Proposta foi aprovada pelo Conselho Estadual de Recursos Hídricos, em reunião que aconteceu nesta quarta-feira (20)

01/04/2024 07h00 Atualizada há 4 meses
Por: Emilly Viana
Foto: Divulgação / Semad
Foto: Divulgação / Semad

Na semana em que se comemora o Dia Mundial da Água, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) informou que Goiás vai ganhar mais um comitê de bacia hidrográfica: o comitê dos Afluentes Goianos do Tocantins (CBH AGTO). 

Os Comitês de bacia hidrográfica integram o Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos. Trata-se de fóruns em que as pessoas se reúnem para discutir sobre o uso e a gestão da água em determinada bacia. 

"Dada a diversidade de interesses em relação ao uso da água, há conflitos e riscos à garantia desse recurso para as futuras gerações, sendo necessária a participação de todos na busca por soluções", explica Alberonaldo Alves, superintendente de Recursos Hídricos da Semad. 

O CBH AGTO reúne as bacias do rio das Almas e Alto Maranhão; do Médio Tocantins; e do Rio Pananã. Elas alcançam uma porção territorial que vai do centro ao Nordeste de Goiás. No total, são 79 municípios e 103 mil km², o que representa 30,3% de toda a área do Estado. 

O Comitê

A proposta de criação do comitê foi aprovada na tarde desta quarta-feira (20) no âmbito do Conselho Estadual de Recursos Hídricos (CERHi). O próximo passo é a publicação de um decreto de instituição no Diário Oficial, assinado pelo governador Ronaldo Caiado, e instalação de uma diretoria provisória nos 30 dias seguintes. 

A diretoria provisória vai promover o processo de mobilização e eleição de atores e entidades interessados em participar e ter assento no colegiado. Segundo a Semad, isso deve acontecer até meados do segundo semestre. 

Com a instituição do CBH AGTO, Goiás passa a ter todo o território coberto por CBHs. Além dele, estão em operação o comitê de bacia hidrográfica (CBH) Meia Ponte, com 37 municípios e 4,3% da área de Goiás); o CBH Bois (52 municípios e 10,4% de Goiás); o CBH Corumbá, Veríssimo e São Marcos (19 municípios e 12,8% de Goiás); o CBH Baixo Paranaíba (19 municípios e 12,8% de Goiás); e o CBH Agora (60 municípios e 27,3% de Goiás). 

Além desses, existem dois comitês interestaduais, que são o CBH Paranaíba, que tem também representantes do Distrito Federal e do Mato Grosso do Sul, e o São Francisco, que engloba os estados de Minas Gerais, Goiás, Bahia, Distrito Federal, Pernambuco, Alagoas e Sergipe.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.