Desenvolvimento Social MORADIAS

“Prefeito que quiser habitação tem que me procurar”, afirma Kajuru

Senador do PSB esteve em Anápolis nesta segunda-feira, em visita à Câmara Municipal

17/04/2023 17h00 Atualizada há 1 ano
Por: Lucas Tavares
Foto: Ismael Vieira/ Câmara Municipal
Foto: Ismael Vieira/ Câmara Municipal

Ser beneficiário do programa “Minha Casa, Minha Vida” é o sonho de muitos brasileiros. Nos bastidores da política, as prefeituras que são contempladas demonstram força e articulação.

Nesta segunda-feira (17), em entrevista coletiva na Câmara Municipal de Anápolis, o senador Jorge Kajuru (PSB) afirmou que “prefeito que quiser habitação” tem que procurá-lo.

Atualmente, o parlamentar goiano é um dos vice-líderes do Governo no Congresso Nacional e, segundo ele, é o único do estado autorizado pelo presidente Lula em relação a este tema.

“Eu cheguei aqui [na Câmara Municipal] e anunciei para eles [vereadores] que a gente vai tentar de 800 a 1 mil casas desse projeto habitacional”, disse aos jornalistas.

“Como vice-líder do governo escolhido pelo Lula, eu sou o único parlamentar goiano autorizado. Qualquer prefeito que quiser habitação tem que me procurar”, afirmou.

Recentemente, o senador esteve com o ministro das Cidades, Jader Barbalho Filho, e com o prefeito de Rio Verde em Brasília. O município goiano foi o primeiro do Brasil a ser contemplado com o Minha Casa, Minha Vida no novo governo.

“A gente já começou, com 1.216 casas [em Rio Verde], casas dignas que devem ser construídas em lugares que tenham hospital, supermercado, farmácia”, continua.

De acordo com Kajuru, o valor pago pelos moradores é de R$ 350 por mês, depois passa a ser R$ 150. “É dar dignidade a quem precisa do seu maior sonho, que é o sonho da casa própria”, completou.

 

Proximidade

 

Durante a visita a Câmara Municipal de Anápolis, o senador esteve na companhia do deputado federal Adriano do Baldy e do prefeito Roberto Naves, ambos do Partido Progressistas (PP).

“Eu tenho uma gratidão enorme pela cidade de Anápolis, a partir do momento que eu fiquei amigo pessoal do Roberto, pelo respeito que eu tenho com a gestão dele, com o amor que ele tem pela cidade”, declarou.

Kajuru ainda lembrou a origem do governador Ronaldo Caiado (União Brasil), que é anapolino. “Meu amigo, meu irmão, o maior governador da história de Goiás”, concluiu.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.