Justiça INVESTIGAÇÃO

Polícia Civil prende marido de esteticista assassinada

Corpo da vítima foi encontrado no último domingo (19), mas a causa da morte ainda não foi identificada

23/02/2023 10h09 Atualizada há 1 ano
Por: Aglys Nadielle
Foto: Reprodução/Polícia Civil
Foto: Reprodução/Polícia Civil

O marido da esteticista Juscelia de Jesus da Silva, de 32 anos, identificado como Reginaldo Nunes de Moura, de 43, foi preso por suspeitas de assassinar a esposa. A ação foi confirmada pela Polícia Civil (PC), nesta quinta-feira (23).

A mulher havia desaparecido em Goiânia no dia 14 de fevereiro. O corpo da vítima foi encontrado no último domingo (19), no município de Abadia de Goiás.

O cadáver foi localizado por um ciclista que passava pela rodovia, quando sentiu um forte odor e se deparou com a vítima enrolada em um saco plástico. Juscelia teve a identidade confirmada pelo exame de papiloscopia.

O laudo preliminar ainda não conseguiu identificar a causa da morte. Segundo a Polícia Civil, o estado de decomposição interferiu no resultado. A investigação ainda fará exames complementares para descobrir como ela foi assassinada.

Na data do desaparecimento, a esteticista havia ido para uma entrevista de emprego em uma clínica da capital. 

No depoimento inicial, o marido da vítima havia dito o último contato dele com a esposa teria sido quando a esteticista pediu dinheiro para chamar um carro de aplicativo, no mesmo dia.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.